Entenda o que é saúde 4.0 e seu impacto positivo

Equipamentos e sistemas altamente tecnológicos e a conectividade vêm modificando o modo como a sociedade busca informações, trabalha, aprende, faz compras, utiliza serviços bancários e vive.

Não é exagero dizer que essa é uma nova era, na qual os consultórios, clínicas e hospitais, bem como os profissionais de saúde — como médicos e dentistas — precisam se adaptar para oferecer um atendimento mais ágil, seguro e de qualidade para o público.

É nesse cenário que surge o conceito de saúde 4.0, uma tendência que está revolucionando os cuidados com os pacientes, principalmente os preventivos. Quer entender melhor essa ideia, seus benefícios e de que forma as inovações impactam o trabalho dos profissionais do setor? Então, continue a leitura.

O que é saúde 4.0?

Estamos vivendo em um mundo digital, com mudanças em diversos aspectos da sociedade, sobretudo nos modos de produção — a chamada indústria 4.0 ou quarta revolução industrial, marcada pelos avanços na tecnologia da informação, na robótica e no uso de dispositivos inteligentes interconectados.

É a união das inovações tecnológicas com a saúde, momento em que ganha força a digitalização de dados, computação em nuvem, inteligência artificial e internet das coisas (IoT).

Então, a saúde 4.0 nada mais é que uma consequência dessa nova era, só que, nesse caso, voltada para a prevenção, diagnóstico e tratamento de pacientes e também para a gestão de clínicas e consultórios. O enfoque acaba sendo maior para os cuidados preventivos a fim de garantir o bem-estar físico e mental das pessoas.

Como a tecnologia tem impactado de forma positiva a saúde?

A tecnologia cada vez mais presente na saúde impacta positivamente os processos, profissionais de saúde e pacientes. Veja seus benefícios a seguir.

Atendimento otimizado

A saúde 4.0 melhora a gestão de clínicas e consultórios, otimizando o atendimento ao paciente. Para o profissional, tem a vantagem de automatizar uma série de processos, com softwares voltados para o prontuário eletrônico e para realizar agendamentos de consultas e exames on-line, gestão financeira, monitoramento de indicadores, entre outras funcionalidades.

Para o paciente, há agilidade nas consultas, pois o profissional já tem todo o histórico de saúde, contribuindo com uma visão global do indivíduo — como os procedimentos, exames e terapias já realizados, medicamentos prescritos, entre outras informações —, o que garante tratamentos mais eficazes e seguros, além de diagnósticos mais precisos.

Autonomia do paciente

O paciente está cada vez mais informado nessa era conectada, por isso chega ao consultório conhecendo os tratamentos e podendo discutir as possibilidades com seu médico ou dentista.

Além disso, estão surgindo aplicativos que permitem a consulta à distância para casos mais corriqueiros e os wearables, que são os dispositivos vestíveis, como relógios que marcam a pressão arterial ou medem a frequência cardíaca, possibilitando que a pessoa cuide melhor de sua saúde.

Diagnóstico à distância

A telemedicina ou “e-saúde” realiza a emissão de laudos de forma remota e ágil por profissionais especialistas de outras localidades. Nesse campo, o destaque é a telerradiologia, que veio para otimizar o atendimento ao público e também o trabalho de médicos e dentistas.

Segurança no armazenamento de dados

Com o prontuário eletrônico, os dados dos pacientes não ficam em papéis, mas em arquivos digitais seguros e que podem ser acessados pelos profissionais autorizados em qualquer local.

Equipamentos mais tecnológicos

Falando em diagnóstico, as especialidades de Radiologia e Medicina Nuclear tiveram grandes avanços com as inovações tecnológicas. São equipamentos que fazem a identificação de lesões em órgãos, tecidos e outras estruturas mesmo em estágios iniciais, resultando em um plano de tratamento mais eficaz.

Técnicas mais precisas

As cirurgias robóticas, em que os médicos realizam intervenções com movimentos milimétricos em estruturas mais delicadas, como áreas com muitos nervos e vasos sanguíneos, também é um avanço. O procedimento se torna mais preciso e a recuperação do paciente é mais rápida.

Na odontologia, ganha destaque também a cirurgia guiada de implante dentário: o dentista utiliza a tomografia computadorizada e outros exames para saber a região exata de inserção do dispositivo. Dessa forma, o procedimento é mais rápido, preciso e sem cortes. Os resultados são melhores e o pós-operatório, mais tranquilo.

Reforço da prevenção

Em vez de tratar quadros de doenças já estabelecidas, com a saúde 4.0, há um reforço do uso da tecnologia para a prevenção, incentivando as pessoas a adotarem hábitos mais saudáveis. Existem aplicativos que lembram o usuário de beber água, do horário para tomar as medicações e também que monitoram a atividade física.

As inovações podem substituir profissionais na saúde?

Sempre que o assunto são as inovações tecnológicas, surge um questionamento: esses recursos podem substituir os profissionais? No caso da saúde, o que ocorre é justamente a possibilidade de as equipes médicas e odontológicas darem uma atenção integral ao paciente devido à automatização de uma série de processos.

Dessa maneira, é uma tendência que abre espaço para o atendimento humanizado, ou seja, mais direcionado para as pessoas e suas necessidades.

O uso de aplicativos para a realização de consultas, por exemplo, permite ao paciente o contato remoto com seu médico em qualquer horário ou local. Com isso, se ele estiver com alguma queixa de saúde, não precisa esperar até o dia da consulta para ter o atendimento profissional.

Na telerradiologia, ganha espaço a atuação de radiologistas altamente capacitados, os quais podem laudar exames de pacientes que vivem em lugares mais distantes e até carentes do serviço desses especialistas.

Em resumo, a saúde 4.0 não vai substituir os profissionais. Pelo contrário: proporcionará um atendimento se torne mais humano e integral, pois vai otimizar e facilitar o trabalho das equipes. Entretanto, é necessário que eles estejam preparados para esse novo conceito afim de oferecer um atendimento cada vez mais completo aos pacientes.

Portanto, é o momento para as clínicas e consultórios contarem com os equipamentos e softwares mais recentes para atrair o público, oferecer um serviço de qualidade e se destacar na concorrência.

O que achou de nosso conteúdo? Quer acompanhar outros posts sobre inovações na área da saúde? Então, assine nossa newsletter e receba novidades diretamente em sua caixa de entrada!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.